icone buscar
UNIFOR-MG: tecnologia a serviço do ensino

UNIFOR-MG: tecnologia a serviço do ensino

quarta-feira, 12 de março de 2008.
UNIFOR-MG: tecnologia a serviço do ensino
Com a aquisição de uma estufa para análise de DBO, os estudantes terão contato com equipamentos de última geração e um ensino voltado para a prática

Dentre os vários elementos que as águas possuem, o oxigênio é o mais importante. A introdução de matéria orgânica em um curso d'água resulta, indiretamente, no consumo de oxigênio dissolvido, em função dos processos de estabilização dessa matéria orgânica, realizados pelas bactérias decompositoras, as quais utilizam o oxigênio disponível no meio líquido para a sua respiração. O decréscimo da concentração de oxigênio tem diversas implicações do ponto de vista ambiental, constituindo-se um dos principais problemas de poluição das águas. Existem vários parâmetros de análise de água, embora os mais importantes sejam: o OD (oxigênio dissolvido), a DQO (demanda química de oxigênio) e a DBO (demanda bioquímica de oxigênio).

Visando equipar seus laboratórios ao que há de mais moderno na área tecnológica e de ensino, o UNIFOR-MG recebeu, esse mês, uma estufa para análise de DBO, totalmente automatizada. Segundo o coordenador das Engenharias Ambiental e Civil, Prof. Dr. Leyser Rodrigues Oliveira, “raras são as instituições que possuem um equipamento tão moderno. Acreditamos, também, que, em breve, iremos oferecer nossos serviços a empresas, prefeituras e outros órgãos que tiverem interesse nas análises de águas e resíduos”, conta o professor.

Essa estufa irá integrar-se aos outros equipamentos que constituirão o Laboratório de Sistemas de Tratamentos de Águas e Resíduos, cujas obras encontram-se em fase final de acabamento. Dessa forma, o UNIFOR-MG  continua a investir em seus cursos, oferecendo aos alunos a mais alta tecnologia, o que o referenda, cada dia mais, como um centro de excelência regional em ensino superior.

A DBO (Demanda Bioquímica de Oxigênio)
A DBO é um parâmetro mundial utilizado no controle da poluição das águas por matéria orgânica. Nas águas naturais, a DBO representa a demanda potencial de oxigênio dissolvido, ocorrida devido a estabilização dos compostos orgânicos biodegradáveis, o que pode reduzir os níveis de oxigênio das águas, levando, por exemplo, os peixes à morte. Em relação ao tratamento de esgotos, a DBO é um parâmetro importante no controle da eficiência das estações, tanto de tratamentos biológicos aeróbios e anaeróbios, bem como físico-químicos.

Funcionamento
A análise da DBO é feita utilizando-se uma estufa que contém respirômetros – garrafas seladas, conectadas a um manômetro – enchidos pela metade, junto à amostra de água não diluída, adicionando-se um inibidor de nitrificação. Na outra metade dos respirômetros, adiciona-se uma solução de hidróxido de potássio, que reage, quantitativamente, com o gás de dióxido de carbono liberado, o qual é equivalente à quantidade de oxigênio consumido. Como resultado, cria-se um vácuo parcial, cuja pressão é medida manometricamente, dependendo da quantidade de oxigênio consumido. Após um período de incubação a 20o C na estufa, obtêm-se os resultados pelo display digital do aparelho, o qual retrata o consumo de oxigênio.

A DBO é o principal parâmetro de classificação das águas, sendo fundamental na composição dos índices que avaliam sua qualidade. Além disso, a DBO é um importante dado para o dimensionamento de lagoas de estabilização, reatores, aeradores e outros recursos que diminuem a poluição das águas e tratam os resíduos.

fique por dentro

MOSTRA DE PROFISSÕES RECEBE CERCA DE CINCO MIL ALUNOS DE ESCOLAS DA REGIÃO
28 de setembro de 2022

MOSTRA DE PROFISSÕES RECEBE CERCA DE CINCO MIL ALUNOS DE ESCOLAS DA REGIÃO

ALUNOS DE ENFERMAGEM PARTICIPAM DE AULA PRÁTICA SOBRE TECNOLOGIA PARA O TRATAMENTO DE LESÕES CUTÂNEAS
28 de setembro de 2022

ALUNOS DE ENFERMAGEM PARTICIPAM DE AULA PRÁTICA SOBRE TECNOLOGIA PARA O TRATAMENTO DE LESÕES CUTÂNEAS

UNIFOR-MG É REPRESENTADO NO EVENTO “BELA PRIMAVERA”
28 de setembro de 2022

UNIFOR-MG É REPRESENTADO NO EVENTO “BELA PRIMAVERA”

Skip to content