icone buscar
Reitor do UNIFOR-MG é condecorado com Medalha “Desembargador Hélio Costa”

Reitor do UNIFOR-MG é condecorado com Medalha “Desembargador Hélio Costa”

terça-feira, 08 de dezembro de 2009.
Reitor do UNIFOR-MG é condecorado com Medalha “Desembargador Hélio Costa”

 
Na noite da última sexta-feira, o Reitor do UNIFOR-MG foi condecorado com a Medalha "Desembargador Hélio Costa". A cerimônia foi presidida pelo Juiz de Direito Altair Resende de Alvarenga e contou com a presença de representantes da comunidade acadêmica do Centro Universitário e também de outras Instituições de Ensino Superior, da classe jurídica formiguense, dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do município, além de parentes e amigos do Reitor.

A cerimônia de entrega foi realizada no último dia 04, quando várias homenagens ao Reitor do UNIFOR-MG foram promovidas

 

Na noite da última sexta-feira, no Fórum Magalhães Pinto, em Formiga/MG, o Reitor do UNIFOR-MG, Prof. Ms. Marco Antonio de Sousa Leão, foi condecorado com a Medalha "Desembargador Hélio Costa".

 

A cerimônia foi presidida pelo Juiz de Direito Altair Resende de Alvarenga e contou com a presença de representantes da comunidade acadêmica do Centro Universitário e também de outras Instituições de Ensino Superior, da classe jurídica formiguense, dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do município, além de parentes e amigos do Reitor.

 

Durante a solenidade, várias homenagens foram prestadas ao Reitor. Filhos, presidente da sessão e funcionários falaram ao Prof. Ms. Marco Leão, parabenizando-o pelo recebimento da Medalha e pelo brilhante trabalho que tem desenvolvido no UNIFOR-MG e também para a comunidade formiguense. Um vídeo sobre a trajetória do Reitor e fotos de momentos importantes em sua vida foi apresentado e outro com depoimentos de amigos.

 

Ao final da entrega da Medalha, o Prof. Ms. Marco Leão discursou aos presentes. Na ocasião, o Reitor agradeceu a escolha pela indicação unânime de seu nome e a presença de todos durante o evento. O professor disse estar lisonjeado em receber tamanha homenagem e que seu trabalho a favor da comunidade e do crescimento do Centro Universitário é feito com o apoio de todos os colaboradores que atuam na Instituição.

 

Após a cerimônia, um grupo de amigos do homenageado ofereceram um jantar aos convidados.

 

Medalha "Desembargador Hélio Costa"

De acordo com a Assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, a outorga da Medalha "Desembargador Hélio Costa" é realizada, a cada dois anos, nas comarcas de Minas Gerais e objetiva homenagear o trabalho meritório do Desembargador Hélio Costa, integrar o Poder Judiciário com a comunidade local, divulgando os relevantes serviços prestados pelo agraciado ao Judiciário e comemorar o Dia da Justiça (08 de dezembro).

 

O agraciado, um por comarca, é escolhido entre aqueles que, possuidores de conduta ilibada, mais se destacaram na contribuição para a realização da justiça no âmbito de cada município.

 

A escolha é feita por uma Comissão formada pelo Juiz Diretor do Foro, pelo representante do Ministério Público, pelo representante da Ordem dos Advogados do Brasil e pelos representantes dos Poderes Executivo e Legislativo municipais.

 

A Medalha "Desembargador Hélio Costa" foi instituída pela Resolução nº 296/95, de 29 de dezembro de 1995.

 

Desembargador Hélio Costa

Filho de Duarte Costa e D. Maria Amália Costa, Desembargador Hélio Costa nasceu em 22 de fevereiro de 1914, na cidade mineira de Sabará. Fez seus estudos primários naquela localidade, no Grupo Escolar Paula Rocha, e o curso secundário no Colégio Estadual de Belo Horizonte/MG, onde, em seguida, cursou a Faculdade de Direito, graduando-se pela Universidade Federal de Minas Gerais.

 

Em 1940, ingressou na magistratura mineira como Juiz Municipal de Inhapim, sendo nomeado, por concurso, Juiz de Direito de Itamarandiba.

 

Serviu, em seguida, nas Comarcas de Abre Campo (1946), Araçuaí (1954), Patos de Minas (1956) e Itapecerica (1957), antes de ocupar a 6ª Vara Cível de Belo Horizonte, em 1959.

 

Juiz substituto de segunda instância, em 14 de março de 1964, foi promovido a Desembargador, por merecimento, tomando posse na 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça.

 

Ocupou diversos cargos de destaque na carreira jurídica, como os de Juiz Corregedor, Vice-Presidente e Presidente do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Corregedor Geral de Justiça e Vice-Presidente do Tribunal de Justiça. Em 6 de fevereiro de 1980, foi eleito Presidente em sessão especial do Tribunal Pleno.

 

Durante sua brilhante carreira, exerceu, ainda, atividade de magistério, nas Comarcas de Araçuaí e Itapecerica, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e na Universidade Federal de Minas Gerais.

 

Designado para integrar diversas Comissões, atuou sempre com brilhantismo, colocando sua inteligência e sólido saber jurídico a serviço da causa pública. Assim, foi Presidente da Comissão de Revisão da Organização Judiciária e Adaptação do Regimento Interno do Tribunal à Lei Orgânica da Magistratura, Comissão de Assessoramento à Biblioteca do Tribunal, Comissão para a elaboração do anteprojeto do Regimento Interno do Tribunal de Justiça, dentre outras.

 

Das inúmeras láureas, comendas e títulos com que o Desembargador Hélio Costa foi agraciado, cita-se alguns: Colar do Mérito Judiciário, Medalha João Pinheiro, Medalha Alferes Tiradentes, Medalha de Ouro Santos Dumont, Grande Medalha da Inconfidência, Medalha Milton Campos, Medalha Gustavo Capanema, Cidadão Honorário de Belo Horizonte, de Inhapim e de Araçuaí e Personalidade Jurídica, em 1979.

 

Aposentou-se no Tribunal de Justiça em 14 de março de 1984.

 

Figura das mais distinguidas e conceituadas da nossa comunidade, continua emprestando sua vasta cultura e o brilho de sua inteligência ao magistério, a instituições filantrópicas, como Provedor da Santa Casa de Belo Horizonte, no período de 1985 a 1991, e a instituições culturais, como membro efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, membro honorário do Instituto da História da Medicina e da Sociedade Mineira de Cultura.

 

Atualmente, é o Superintendente da Memória do Judiciário Mineiro.

 

 {mosimage}

 

Os componentes da mesa foram (da esquerda para a direita): o vice-prefeito de Formiga, Antônio Metralha, representando o prefeito, Aluísio Veloso; o Juiz de Direito Altair; o vereador Cabo Cunha, representando o presidente da Câmara Municipal, Reginaldo Henrique dos Santos; e a presidente da 16ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Minas Gerais (OAB/MG), a advogada Cirlanda Chaves

 {mosimage}

 

Cerca de 150 pessoas compareceram à cerimônia

 

 {mosimage}

 

O Prof. Ms. Marco Leão no momento da entrega da Medalha

 

 {mosimage}

 

O Reitor do UNIFOR-MG durante discurso aos presentes

fique por dentro

UNIFOR-MG É REPRESENTADO NO EVENTO “BELA PRIMAVERA”
28 de setembro de 2022

UNIFOR-MG É REPRESENTADO NO EVENTO “BELA PRIMAVERA”

ALUNOS VISITAM CASA COR MINAS
27 de setembro de 2022

ALUNOS VISITAM CASA COR MINAS

ALUNA DE ADMINISTRAÇÃO DO EAD DESENVOLVE PROJETO DE PESQUISA SOBRE INFLAÇÃO EM FORMIGA
27 de setembro de 2022

ALUNA DE ADMINISTRAÇÃO DO EAD DESENVOLVE PROJETO DE PESQUISA SOBRE INFLAÇÃO EM FORMIGA

Skip to content