icone buscar
Professor e aluna de Serviço Social do UNIFOR-MG têm trabalho aprovado em seminário nacional

Professor e aluna de Serviço Social do UNIFOR-MG têm trabalho aprovado em seminário nacional

segunda-feira, 28 de março de 2016.
Professor e aluna de Serviço Social do UNIFOR-MG têm trabalho aprovado em seminário nacional

O Prof. Bruno Alvarenga Ribeiro, coordenador da pesquisa de Iniciação Científica intitulada “Serviço Social e Sistema Único de Assistência Social: um estudo com assistentes sociais do município de Formiga/MG”, e a bolsista Helena Rabelo Silva Garcia, aluna do 7º período do curso de Serviço Social, tiveram o artigo “Serviço Social e Política de Assistência Social: uma reflexão crítico-dialética” aprovado pela comissão científica do II Seminário Nacional de Teoria Marxista: o capitalismo e suas crises.

Organizado pela Editora Pueblo, o seminário ocorrerá na Universidade Federal de Uberlândia (Campos Santa Mônica), entre os dias 10 e 12 de maio. Trata-se de um importante evento que congrega marxistas de todo o país com o objetivo de discutir a atualidade da teoria marxista frente aos desmandos do capital. Nesta edição, a temática principal é o capitalismo e suas crises.

De acordo com o Prof. Bruno Alvarenga Ribeiro, em um cenário marcado pela crise do capitalismo se faz importante discutir a Política Nacional de Assistência Social enquanto espaço sócio-ocupacional dos assistentes sociais, tendo em vista que a crise tem profundas repercussões sobre os usuários atendidos por essa política, como também sobre o contingente da massa trabalhadora empobrecida, que em função da pauperização encontra na assistência social a proteção não encontrada nas outras políticas que constituem o tripé da Seguridade Social Brasileira. Além disso, percebe-se um contínuo avanço do processo de precarização do trabalho dos técnicos de referência da área, entre eles o assistente social.

Ainda segundo o professor, essa precarização gera uma grande contradição. “Os profissionais que deveriam assegurar os direitos sociais dos usuários da assistência social não estão tendo seus direitos trabalhistas mais básicos assegurados. Fica a questão: como esses profissionais podem lutar pela efetivação dos direitos sociais se os seus direitos estão sendo vilipendiados? Tudo isso acarreta em esvaziamento da Política de Assistência. Por sua vez, este esvaziamento reflete a lógica dos mínimos sociais imposta às políticas sociais pelo processo de valorização do capital. Portanto, é esta a discussão proposta pelo artigo aprovado que terá como base a perspectiva crítico-dialética, pois acredita-se que tal perspectiva é capaz de fornecer os fundamentos que tornam possível o entendimento das contradições que fazem parte do universo das políticas sociais brasileiras”, justificou o professor.

 

 

fique por dentro

IV SIMPÓSIO DE BIOMEDICINA É REALIZADO NO UNIFOR-MG
24 de maio de 2024

IV SIMPÓSIO DE BIOMEDICINA É REALIZADO NO UNIFOR-MG

EMPRESA ATACADÃO DAS TINTAS REALIZA OFICINA SOBRE PRODUTOS E TÉCNICAS DE ACABAMENTO PARA ALUNOS DE ARQUITETURA E URBANISMO E ENGENHARIA CIVIL
24 de maio de 2024

EMPRESA ATACADÃO DAS TINTAS REALIZA OFICINA SOBRE PRODUTOS E TÉCNICAS DE ACABAMENTO PARA ALUNOS DE ARQUITETURA E URBANISMO E ENGENHARIA CIVIL

ALUNOS DO COLÉGIO UNIFOR PARTICIPAM DE PALESTRA SOBRE BULLYING
24 de maio de 2024

ALUNOS DO COLÉGIO UNIFOR PARTICIPAM DE PALESTRA SOBRE BULLYING

Pular para o conteúdo