icone buscar
Professor do UNIFOR-MG é aprovado para cursar doutorado na UFMG

Professor do UNIFOR-MG é aprovado para cursar doutorado na UFMG

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010.
Professor do UNIFOR-MG é aprovado para cursar doutorado na UFMG

 
No último dia 12, o Prof. Ms. Andrei Pereira Pernambuco foi aprovado, em segundo lugar, para cursar doutorado pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). O curso, que possui Conceito 7 pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), é na área de Biologia Celular e será feito por intermédio do Departamento de Morfologia, no Instituto de Ciências Biológicas da Universidade, sob a orientação da Profa. Dra. Débora D’Ávila Reis.

O Prof. Ms. Andrei, que leciona nos cursos de Fisioterapia e Educação Física do Centro Universitário, foi aprovado em segundo lugar na Universidade

 

No último dia 12, o Prof. Ms. Andrei Pereira Pernambuco foi aprovado, em segundo lugar, para cursar doutorado pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). O curso, que possui Conceito 7 pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), é na área de Biologia Celular e será feito por intermédio do Departamento de Morfologia, no Instituto de Ciências Biológicas da Universidade, sob a orientação da Profa. Dra. Débora D’Ávila Reis.

 

De acordo com o professor, o Processo Seletivo para aprovação no doutorado foi feito em várias etapas. "Primeiro, foi realizada uma prova de proficiência de língua estrangeira, em inglês e espanhol. As outras etapas foram feitas de 9 a 12 de fevereiro e incluíram análise do projeto escrito, apresentação oral do projeto para a banca, entrevista e análise de currículo", conta.

 

Desenvolvimento e objetivos

Com o título "Impacto de um programa de educação em saúde sobre aspectos neuroimunocomportamentais de pacientes com fibromialgia", o trabalho tem como objetivos principais compreender a participação dos sistemas imune e endócrino na fibromialgia e avaliar a influência de um programa de educação em saúde sobre variáveis endócrinas, imunológicas e comportamentais de pacientes que sofrem dessa síndrome.

 

Segundo o professor, durante o desenvolvimento da pesquisa, será aplicado um programa de educação em saúde específico para a fibromialgia, em dois grupos de pacientes, um controle e outro em intervenção. Nesse processo, serão avaliadas algumas variáveis (cortisol; interleucina 6; interleucina 8; fator de necrose tumoral a e melatonina), assim como suas correlações com os principais sintomas da fibromialgia. Será avaliado, ainda, como os pacientes respondem ao programa. "Ao final do estudo, pretendemos contribuir para o entendimento sobre a participação dos sistemas imune e endócrino na fibromialgia, descobrir um biomarcador de evolução desta síndrome, além de avaliar a resposta dos pacientes em relação ao programa de educação, o que poderá resultar em melhora da saúde e dos aspectos relacionados à saúde dos pacientes", explica.

 

UNIFOR-MG

O professor conta, ainda, que a pesquisa será desenvolvida em uma espécie de parceria. "Parte do estudo (amostragem, intervenção e coleta de dados) será realizada nas dependências do UNIFOR-MG. A parte da análise laboratorial e do armazenamento do material biológico será desenvolvida no Laboratório do Sistema Linfóide e da Regeneração, que pertence à UFMG", conta.

 

Sobre o apoio dos profissionais que atuam no Centro Universitário, o pesquisador agradece à coordenadora do CEPEP (Centro de Extensão, Pesquisa, Pós-graduação e Ensino a Distância), Profa. Dra. Ivani Pose Martins de Pádua, que enviou a carta de recomendação à UFMG; ao Reitor, Prof. Ms. Marco Antonio de Sousa Leão, por ceder as dependências do campus para o desenvolvimento de algumas partes da pesquisa; e a todos os professores e à coordenação do curso de Fisioterapia do UNIFOR-MG, pelo incentivo constante aos estudos.

 

Crescimento

O professor fala, também, sobre a alegria pela conquista. "Fazer um curso com esse reconhecimento, com certeza, amplia as oportunidades profissionais, tanto na área da pesquisa quanto na da ciência. Essa vitória significa, antes de tudo, uma realização pessoal e não somente profissional. Desde que concluí o mestrado, desejei continuar meus estudos e pesquisas. Sinto-me muito feliz por ter sido aprovado e poder concretizar este sonho", diz.

 

Formação

O Prof. Ms. Andrei cursou todo o Ensino Médio no Colégio de Aplicação, que pertence à FUOM (Fundação Educacional Comunitário Formiguense), mantenedora do UNIFOR-MG. Graduou-se em Fisioterapia pela Unifenas (Universidade de Alfenas/MG). Possui especialização em Acupuntura pela ABA-SP (Associação Brasileira de Acupuntura de São Paulo). É pós-graduado em Fisioterapia em Ortopedia e Traumatologia pela Universidade Estácio de Sá e em Treinamento Desportivo e Personal Training pelo UNIFOR-MG. O título de mestre em Educação, Cultura e Organizações Sociais foi concedido pela FUNEDI/UEMG (Fundação Educacional de Divinópolis/Universidade Estadual de Minas Gerais).

 

O curso de doutorado terá início em 01 de março de 2010 e a defesa da tese está prevista para julho de 2013.

{mosimage} 

fique por dentro

MOSTRA DE PROFISSÕES RECEBE CERCA DE CINCO MIL ALUNOS DE ESCOLAS DA REGIÃO
28 de setembro de 2022

MOSTRA DE PROFISSÕES RECEBE CERCA DE CINCO MIL ALUNOS DE ESCOLAS DA REGIÃO

ALUNOS DE ENFERMAGEM PARTICIPAM DE AULA PRÁTICA SOBRE TECNOLOGIA PARA O TRATAMENTO DE LESÕES CUTÂNEAS
28 de setembro de 2022

ALUNOS DE ENFERMAGEM PARTICIPAM DE AULA PRÁTICA SOBRE TECNOLOGIA PARA O TRATAMENTO DE LESÕES CUTÂNEAS

UNIFOR-MG É REPRESENTADO NO EVENTO “BELA PRIMAVERA”
28 de setembro de 2022

UNIFOR-MG É REPRESENTADO NO EVENTO “BELA PRIMAVERA”

Skip to content