Depoimento de uma ex-aluna de Biblioteconomia - Unifor MG
icone buscar
Depoimento de uma ex-aluna de Biblioteconomia

Depoimento de uma ex-aluna de Biblioteconomia

terça-feira, 23 de setembro de 2008.
Depoimento de uma ex-aluna de Biblioteconomia
Após algum tempo com dúvida entre cursar Letras ou Biblioteconomia, optei pela segunda opção. No decorrer do curso, pude perceber que tinha feito a escolha certa, pois o curso é apaixonante. Quem ingressa neste bacharelado pode ter certeza de que está empregando bem seu investimento e que terá um retorno inimaginável. Ser agente da informação é algo extraordinário, que abre nossos horizontes a novos conhecimentos.

O UNIFOR-MG possui estrutura física e corpo docente capacitado para fazer com que os acadêmicos possam tirar o máximo proveito do curso. A pessoa que ingressa no curso de Biblioteconomia nem imagina o futuro brilhante e as possibilidades de crescimento que terá em sua carreira.

Em 2006, fui indicada – por um amigo – para trabalhar na Biblioteca Central das Faculdades Cathedral de Ensino Superior, em Boa Vista/RR. Aceitando o desafio, iniciei o trabalho em julho de 2006. A Biblioteca girava em torno de 6.000 usuários, 2 auxiliares, 13 bolsistas e contava com uma inadimplência altíssima. Trabalhei e administrei, de forma árdua, esse desafio e contei, também, com a ajuda das bibliotecárias do UNIFOR-MG.

Devido à grande carência de profissionais da Biblioteconomia em Roraima, era grande a minha vontade de contribuir para a valorização desta profissão tão desconhecida e traçar novos caminhos para a informação.

A implantação da reorganização iniciou-se em julho de 2006 e, assim, foi feita a primeira avaliação. Os resultados mostraram que o processo de mudança seria gradativo, pois eram diversas as barreiras a serem superadas, sendo que o objetivo principal era dinamizar o atendimento da Biblioteca. Este projeto tinha como conseqüência projetar o usuário, criar e manter ações preservativas, de modo a resguardar o acervo, prevenindo possíveis danos e conscientização de todos. Seria desenvolvida uma estratégia de marketing, a fim de incentivar essa colaboração. Enfim, o projeto idealizava uma Biblioteca inquieta, com um trabalho de equipe, conscientização do usuário, empenho da direção e, principalmente, ousadia da administração, tornando-se um espaço de participação coletiva, onde estaria presente a evolução cultural, educacional e social.

Infelizmente, antes de concluir meu projeto, fui contratada para trabalhar na Biblioteca do Ministério Público Estadual de Roraima. Comecei em abril de 2007 e encontrei diversas dificuldades para organizar a Biblioteca deste órgão, pois o acervo não tinha processamento técnico. Elaborei um projeto de reestruturação e reorganização e apresentei-o ao Procurador Geral de Justiça, que, após analisá-lo, aceitou a proposta e, de imediato, comecei a executá-lo.

Ao deparar-me com o software para a Biblioteca, notei que o mesmo não era eficiente e propus mudanças, juntamente com o Departamento de Informática. Com o avanço de novas tecnologias e softwares, estou tentando convencê-los a comprarem um novo software. Atualmente, a Biblioteca já está com o processamento técnico quase todo em dia.

A Biblioteca não tinha Regimento Interno e tomei a iniciativa de elaborá-lo e enviá-lo ao Diretor Geral, que levou ao conhecimento de todos os membros deste órgão ministerial, através da Reunião do Conselho, sendo autorizado e, posteriormente, publicado no Diário do Poder Judiciário do Estado de Roraima. Meus superiores resolveram mudar a Biblioteca, elaborei um crokie com o novo layout e enviei-o ao Diretor Geral. Mais uma vez, obtive sucesso, sendo aprovada com louvor. Minha idéia já está sendo executada.
 
Meu trabalho está sendo muito elogiado por todos. Não há nada mais motivador que receber um elogio e ter seu trabalho reconhecido, é algo de extrema importância. Um dos membros do Ministério Público Estadual de Roraima indicou-me para organizar a Biblioteca da Academia de Polícia (Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Civil) e fui aprovada pelo Procurador de Justiça, mediante ofício.
 
Enfim, posso dizer que sou muito feliz, graças a Deus, pela profissão que escolhi. Estou muito satisfeita com o desempenho do meu trabalho e sinto-me muito orgulhosa e vitoriosa pela coragem de vir para um lugar tão distante e sem conhecer ninguém.

Depoimento enviado pela ex-aluna do curso de Biblioteconomia do UNIFOR-MG, Aderlaine Costa.

fique por dentro

REITOR É HOMENAGEADO
25 de novembro de 2022

REITOR É HOMENAGEADO

UNIFOR-MG REALIZARÁ 4ª EDIÇÃO DO DIA DE CAMPO
25 de novembro de 2022

UNIFOR-MG REALIZARÁ 4ª EDIÇÃO DO DIA DE CAMPO

DECISÃO – EDITAL 03/2022 – SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO
24 de novembro de 2022

DECISÃO – EDITAL 03/2022 – SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO

Skip to content