logo

0800 283 0494

facebookyoutubetwitterinstagran

Mude para o melhor! Venha para o UNIFOR-MG

TRANSFERÊNCIA/OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO

clique e saiba mais

 

historia

Acadêmicas do curso de Pedagogia do UNIFOR-MG realizaram uma viagem técnica à cidade do Rio de Janeiro e Petrópolis, nos dias 1, 2 e 3 de maio, acompanhadas pela coordenadora do curso, Profa. Neiva Maria Rodrigues, e pela Profa. Ma. Maria Francisca Souza Lopes.
 
De acordo com a coordenadora de Pedagogia, o objetivo da viagem foi dar oportunidade às alunas de confrontarem os conhecimentos adquiridos em sala de aula e permitir um contato com uma realidade diferente da vivenciada por elas, além disso, proporcionar conhecimentos culturais e históricos.
 
Durante a viagem, foi possível que as acadêmicas conhecessem: o Forte de Copacabana, monumento construído ao final do século XIX, para compor o sistema defensivo da cidade do Rio de Janeiro e de seu porto. A função principal dentro de tal sistema era impedir a aproximação de navios inimigos que pudessem ameaçar a entrada da Baía de Guanabara.
 
Também visitaram o Jardim Botânico, uma das mais belas e bem preservadas áreas verdes do Rio de Janeiro, é um exemplo da diversidade da flora brasileira e estrangeira. Nele podem ser observadas cerca de 6.500 espécies (algumas ameaçadas de extinção), distribuídas por uma área de 54 hectares, ao ar livre e em estufas. A instituição abriga, ainda, monumentos de valor histórico, artístico e arqueológico e a mais completa biblioteca do país especializada em botânica, com mais de 32 mil volumes e o maior herbário do Brasil, com cerca de 650 mil amostras desidratadas completamente informatizadas e disponíveis para o público.
 
Outro local visitado foi a Feira de São Cristóvão que foi fundada em 1945, o início dos primeiros movimentos que deram origem à Feira de São Cristóvão, ou Feira dos Nordestinos, como é conhecida no Estado do Rio. Naquela época, retirantes nordestinos chegavam ao Campo de São Cristóvão em caminhões, vindos para trabalhar na construção civil. A animada festa regada a muita música e comida típica, gerada pelo encontro dos recém-chegados com parentes e conterrâneos, deu origem à Feira que permaneceu ao redor do Campo de São Cristóvão por 58 anos. Em 2003, o antigo pavilhão foi reformado pela Prefeitura do Rio e transformado no Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas. Hoje, não só nordestinos frequentam a feira para matar saudades e resgatar um pouco de sua cultura, como também cariocas e turistas de todo o país.  
 
No último dia da viagem, as acadêmicas conheceram Petrópolis, onde puderam realizar uma visita cultural e histórica pela cidade, tiveram a oportunidade de conhecerem locais como o Museu de Cera, Catedral de São Pedro, Palácio de Cristal, Museu Imperial, residência de verão de Santos Dumont, Praça 14 Bis, residência da Princesa Isabel, dentre outros pontos turísticos.
 
Para a aluna Fernanda Cristine Cunha, do 5º período do curso de Pedagogia, a viagem ao Rio de Janeiro e a Petrópolis foi uma grande fonte de conhecimento para a futura profissão. “No Rio, conhecemos um pouco da história do exército do país, ao visitar o Forte de Copacabana. Ir à Feira de São Cristóvão só nos trouxe mais respeito e admiração pelo povo e tradições nordestinas. O Jardim Botânico é um verdadeiro paraíso em meio à cidade do Rio, acho que todo estudante tem que ir lá, principalmente os de Biologia, vão adorar. E, por fim, a cidade de Petrópolis, simplesmente incrível, nos leva para outra dimensão, nos leva àquele Brasil de 200 anos atrás e que ainda emociona muito, impossível não se encantar pela cidade de Pedro. Primeiro aprendemos, para depois ensinarmos", finalizou.
 
visita tecnica Pedagogia
 
visita tecnica Pedagogia2
 
visita tecnica Pedagogia3
 
visita tecnica Pedagogia4
AVISE-ME. Receba informações sobre o Vestibular UNIFOR-MG
Autorizo receber newsletter do UNIFOR-MG.