logo

0800 283 0494

facebookyoutubetwitterinstagran

Mude para o melhor! Venha para o UNIFOR-MG

TRANSFERÊNCIA/OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO

clique e saiba mais

 

historia

A acadêmica AAmanda Maria Gondim Souza, do 6° período do curso de Ciências Biológicas, realizou um estágio de férias, entre os dias 13 e 24 de julho, no projeto “Pato Aqui, Água Acolá”, desenvolvido na região da Serra da Canastra pelo Instituto Terra Brasilis e patrocinado pela Petrobrás.

 

O projeto, existente desde 2001, tem como objetivo o estudo e a conservação do pato-mergulhão (Mergus octosetaceus) e de seu habitat. A espécie, que está criticamente ameaçada de extinção, é originalmente encontrada no Brasil, Paraguai e Argentina. Entretanto, há mais de uma década, não existem relatos de avistamentos de indivíduos dessa espécie no Paraguai e na Argentina.

No Brasil, a maior e mais conhecida população (cerca de 140 indivíduos) habita a Serra da Canastra, devido à qualidade dos recursos hídricos da região, pois a espécie é extremamente exigente em relação à qualidade do ambiente, sendo considerada como um bioindicador. Devido à dependência do pato-mergulhão de águas de boa qualidade para a sobrevivência da espécie, o projeto promove parcerias com os produtores rurais do entorno do parque com o intuito de recuperar áreas de nascentes e realiza, também, atividades de educação ambiental com a comunidade e representantes do poder público local, a fim de promover maior conscientização da importância de se manter um ambiente saudável para a preservação da espécie.

Durante o estágio, a aluna participou de atividades de monitoramento de ninhos ativos e ainda auxiliou na busca por novos ninhos que, em geral, são construídos em ocos de árvores, fendas em paredões rochosos e cavidades de barrancos de terra às margens dos rios.

“O estágio foi uma experiência extremamente importante para a minha formação, pois, por meio dele, pude agregar novos conhecimentos e ainda vivenciar o cotidiano de profissionais que trabalham no campo, área pela qual sempre tive interesse. Além de tudo, foi um privilégio para mim poder participar de um estágio em um projeto de tamanha relevância, dado o grau de ameaça em que se encontra o pato-mergulhão, com uma equipe tão competente e dedicada”, relatou a aluna.

 

AVISE-ME. Receba informações sobre o Vestibular UNIFOR-MG
Autorizo receber newsletter do UNIFOR-MG.