logo

0800 283 0494

facebookyoutubetwitterinstagran

MUDE PARA O UNIFOR-MG

40% DE DESCONTO NA OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE GRATUITAMENTE

imag2

O Prof. Dr. Heslley Machado Silva terá publicada em julho a carta “Dissemination of COVID-19: questions for Science” na revista francesa Ethics, Medicine and Public Health. Ele alerta para a necessidade de que diversos campos da ciência devam se unir para compreender melhor as questões epidemiológicas da pandemia do novo coronavírus. Acesse.

O professor divulgou ainda diversos textos no primeiro semestre deste ano. No mês passado, o “Ark of Absurties: Creationism comes to Brazil” saiu na Skepitc, no qual ele faz uma crítica contundente ao uso da ciência no Brasil para tentar comprovar eventos do campo religioso, através de uma pseudociência sem fundamento, por parte de um conhecido cientista. Leia.

Também em junho foi coautor do artigo “Biological Evolution and Creationism from the Perspective of Graduate Students of Biological Sciences”, disseminado na revista colombiana Gôndola. Ele também foi produzido pela egressa do curso de Ciências Biológicas Isabela Leão, juntamente com a Dra. Fernanda Costa da UEMG (Universidade do Estado de Minas Gerais) e a pesquisadora portuguesa Graça Carvalho. Os autores abordam as concepções dos estudantes de Ciências Biológicas do UNIFOR-MG sobre a evolução biológica e o criacionismo. Confira.

Em maio, com o seu orientador de doutorado, Dr. Eduardo Mortimer, exibiu em uma das importantes revistas do mundo no campo da educação, a Science and Education, o artigo “Teachers’ Conceptions about the Origin of Humans in the Context of Three Latin American Countries with Different Forms and Degrees of Secularism”. O pesquisador do Centro Universitário abordou como os professores de Biologia da Argentina, do Brasil e do Uruguai, concebem a origem do homem frente às suas concepções religiosas e à realidade de cada país. Acesse.

O Prof. Dr. Heslley Machado Silva também foi coautor de “Vision of Pedagogy Course Students on the Origin and Evolution of the Human Species”, que circulou na revista da Instituição Conexão Ciência. Ele foi feito junto com as egressas do curso de Pedagogia Nádia de Faria e Moniquy de Oliveira e do professor do UNIFOR Wálisson Dias Pinto. No artigo, eles discutem como os alunos do curso de Pedagogia percebem a origem e a evolução humana. Leia.

Heslley também publicou, em março, o primeiro capítulo do livro “Residência Pedagógica e formação docente em debate inicial: formação docente em questão”, com o título: Programa Residência Pedagógica: Oportunidade e Dificuldades em um Contexto de Redução da Demanda pelas Licenciaturas no Brasil. Ele discute a implantação do programa Residência Pedagógica, percebido como uma possibilidade de reabilitação das Licenciaturas no Brasil. Confira.

Em janeiro, ele divulgou uma carta intitulada “A new and serious disease arises in schools”, na revista científica internacional “Journal of Education and Health Promotion”. O pesquisador alerta para uma nova doença, um novo vício, que assola a educação mundial, as salas de aula, que é o uso desenfreado do celular e das redes sociais, que dificulta o processo de ensino e aprendizagem. Leia.

AVISE-ME. Receba informações sobre o Vestibular UNIFOR-MG
Autorizo receber newsletter do UNIFOR-MG.